Brincadeiras caseiras para estimular o cérebro do seu filho

Hoje separei umas dicas pensando especialmente nas mamães e papais. Vocês sabiam que é possível estimular a criatividade e exercitar o cérebro do seu filho com brincadeiras caseiras?

É normal que na infância as crianças tenham muita energia e não conseguirem focar em uma atividade, pois elas estão aprendendo a lidar com diferentes sentimentos e sensações. Por isso, separei algumas ideias de atividades que não exigem muitas tecnologias ou dinheiro, para você se divertir com seu pequeno. Olha só:

Jogo de tabuleiro: exercita o raciocínio lógico devido às estratégias que devem tomar no jogo. Na atividade as crianças devem tomar decisões de forma planejada, sistemática e ordenada, fazendo com que exercitem a concentração e a tolerância para a realização de desafios.

Quebra-cabeça: além de ser um ótimo exercício para o relacionamento social, ele promove habilidades cognitivas, como resolução de problemas e estimula a coordenação motora, pois precisa manipular e ordenar as peças para montar uma com a outra.

Dominó: jogo baseado em unir imagens ou números com seus similares, é um ótimo exercício para estimular a concentração, raciocínio lógico e desafio com regras. Com essas regras, a criança entende sobre a cooperação, limites e estratégias.

Jogo da memória: auxilia no desenvolvimento do raciocínio, memória fotográfica e a construção da ideia da competição, sendo também um ótimo jogo para relacionamento social.

Desenhos para colorir: você pode encontrar desenhos para colorir em livros ou até na internet, é um ótimo exercício para estimular a paciência e concentração. É uma atividade que pode ser tanto para seu filho, como para vocês.

Mímica: ótima atividade para as crianças mais tímidas, pois conseguem expressar seus sentimentos de uma forma que não conseguiriam. Exige e trabalha a concentração, criatividade e coordenação motora devido a necessidade de  movimentar o corpo.

Brincadeiras em grupo: essas brincadeiras citadas anteriormente, podem ser todas feitas em grupo, mas é sempre bom lembrar que qualquer brincadeira que envolva outras pessoas é importante para estimular o convívio com diferentes personalidades, e é claro, melhorar no relacionamento de vocês.

Nada melhor que poder passar um tempo junto com o seu filho, brincando e aprendendo, não é mesmo? E, claro, você pode sempre inventar e reinventar outras atividades com recursos que você tenha em casa mesmo. Use a criatividade e de seu pequeno!

Beijos e até a próxima,

Eny.

Deixe uma resposta


*